Benefícios das Áreas de Lazer dos Apartamentos

Se antes uma área de lazer era somente uma quadra simples, uma piscina de porte médio e um salão de festas modesto, hoje, há um grande investimento de construtoras, que têm criado projetos para condomínios que incluem tantas opções de lazer, que se assemelham a clubes residenciais. Essa estratégia do mercado imobiliário tem se mostrado tão recorrente, que 9 em cada 10 novas construções contam com áreas de lazer em sua estrutura.

A grande mudança de perfil também inclui a metragem das unidades de habitação, com o advento do chamado imóvel compacto, ou seja, de tamanho reduzido, mesmo que conte com vários dormitórios na planta.

Desse modo, o menor espaço físico do apartamento implica em maior espaço de lazer, em áreas comuns aos moradores do condomínio. E essas áreas, cada vez mais sofisticadas, incluem área infantil, com brinquedoteca e recreadores, espaço gourmet – local com estrutura de cozinha completa, para recepcionar visitantes e fazer jantares, churrascos e afins –, academias de ginástica, parques aquáticos, entre outras opções de diversão e entretenimento.

Essa estrutura grande só pode ser sustentada pelo morador, haja vista que o número de apartamentos em cada condomínio aumentou muito. Consequentemente, o valor de manutenção da área de lazer é dividido por mais pessoas, barateando a despesa nas taxas de condomínio.

Isso se torna convidativo, porque se o condômino for calcular qual seria seu gasto mensal se tivesse de pagar por cada um dos serviços oferecidos pelo empreendimento, certamente o gasto seria imensamente superior. Desse modo, se torna uma opção muito viável. Famílias inteiras têm optado por essa modalidade de habitação, além dessas razões, também pela comodidade de segurança 24 horas, o que propicia uma vida mais tranquila para pais de crianças e adolescentes.

Como o número de filhos por família no país tem caído, nos últimos anos, a grande procura é por unidades de dois quartos, mais baratas. E aí nesses casos que o “clube condomínio” se torna, definitivamente, o melhor investimento.

Essa mudança do perfil de tamanho de unidades habitacionais sofreu alterações, no decorrer do tempo, porque o preço de matéria-prima para a construção civil se elevou muito, some-se a isso a imensa especulação imobiliária, impulsionada, sobretudo, pelos grandes eventos que terão espaço no Brasil nos próximos anos.

Esse quadro gera uma distorção, pois os imóveis ficam mais caros, mas a renda média do trabalhador não acompanha a valorização. A solução para que as construtoras obtenham lucros é justamente a diminuição do tamanho dos apartamentos, com o aumento das áreas de lazer.

Ultimamente, há (além do lazer) oferta de serviços, como em um apart-hotel. Nesse caso, o morador lança mão apenas se desejar e só deverá desembolsar um valor pelo serviço, quando fizer uso. Esse é o sistema “pay per use” – pague pelo uso. Aproveite essas mudanças das construções e relaxe, pertinho de sua moradia!

Confira abaixo alguns imóveis da Tetto que possuem área de lazer completa:

VN:F [1.9.22_1171]
Quantas estrelas essa pagina merece?
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário