Imóveis nas satélites de Brasília oferecem mais área de lazer que o Plano Piloto

Quem já se interessou pelo mercado imobiliário já deve ter ouvido a expressão: “as três principais qualidades de um imóvel são: localização, localização e localização”. Com a capital da república não poderia ser diferente, os imóveis localizados nas regiões administrativas da: Asa Sul, Lago Sul, Sudoeste, Asa Norte, Lago Norte, Noroeste e região central apresentam os maiores valores de metro quadrado da cidade e continuam sendo a “menina dos olhos” de muitas famílias e empresas brasilienses. Mas a posição de patrimônio cultural da humanidade impede a criação de condomínios fechados que começam a ser um refúgio daquelas famílias que querem dar liberdade para seus filhos brincarem, mas não desejam correr muitos riscos.

Com isso, os “condomínios clubes” situados nas regiões do: Guará, Águas Claras, Taguatinga, Samambaia e Ceilândia, que vem atraindo cada vez mais moradores da classe média que antes não abriam mão de morar nas regiões centrais, e hoje demonstram muita satisfação com a escolha, devida às mordomias de morar nesses novos e modernos empreendimentos com lazer completo.

Imóveis nas Cidades Satélites em Brasília

Confira abaixo alguns empreendimentos nas cidades satélites de Brasília que possuem uma ótima área de lazer:

Boulevard das Palmeiras: Em Samambaia, este é um dos melhores empreendimentos da região. Conta com muitos recursos de lazer e entretenimento. Ele tem: Muro para escalada, Rampa de Skate, Espaço Zen, Cinema, Academia, Piscina, Salão de Festas e muito mais!

Viviane Rinaldi: Em Águas Claras, esse empreendimento se destaca por ter diversas opções de lazer, como: Cinema, Piscina, Sala de Jogos, Academia, Salão de Festas, Playground e Muito Mais!

Modern Life: Também em Águas Claras, esse empreendimento é tão bom quanto o Viviane Rinaldi. Possui Sauna, Varanda Gourmet, Lan House, Piscina, Churrasqueira e outros benefícios. Confira!

Boulevard dos Ipês: Situado na Ceilândia, este imóvel conta com Piscina, Salão de Festas, Quadra de Esportes e Sauna!

VN:F [1.9.22_1171]
Quantas estrelas essa pagina merece?
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

4 comentários para “Imóveis nas satélites de Brasília oferecem mais área de lazer que o Plano Piloto”

  1. igor 27 de março de 2013 às 07:52 #

    e como ficam os imoveis tradicionais de brasilia, ou seja, quadras da asa norte e sul, os classicos sobre pilotis sem nenhuma opçao de lazer fechado? será que estes imoveis vao perder preferencia mesmo estando no plano piloto? ou será que a localizaçao vai lhes garantir valor e preferencia. como o mercado esta se comportando diante desse novo padrao de imoveis em brasilia? estive fora por mto tempo e e fiquei atonito ao ver como o jeito de morar mudou em brasilia. eu particularmente ainda prefiro asa norte ou sul, acho que localizaçao é tudo. estou na duvida sobre onde comprar. quero fazer um negocio de acordo com as tendencias de valorizaçao, pois vou ficar por uns 4 anos e depois de aposento e volto pra terra natal, vendendo entao o imovel que estou prestes a adquirir. obrigado pela oportunidade

    • vinicius 20 de junho de 2013 às 14:25 #

      Prezado Igor,

      Quanto a questão levantada seria no mínimo irresponsável garantir valorização “x” ou “y” em um mundo em constante e rápida mudança como o de hoje, mas podemos tratar de alguns aspectos:

      * Com o crescimento da violência em Brasilia os condomínios fechados realmente se tornaram muito atrativos para as familias que buscam mais tranquilidade para criar seus filhos. Porem o status de ” patrimonio da humanidade” do plano piloto dificulta e muito a criação de novos condominios com essa natureza, tornando-os raros e bem valorizados. Quanto mais proximo ao plano piloto mais valorizados são e provavelmente serão.
      * A localização tem um peso muito grande na valorização, mas aspectos ligados a conservação e depreciação das edificações e dos equipamentos urbanos podem contribuir ou prejudicar a valorização. Um exemplo em Brasilia é o Setor Comercial Sul que outrora já foi a “menina dos olhos” do espaço corporativo da capital e hoje tem sua valorização comprometida frente aos novos e modernos centros comerciais.

      Obrigado por parcipar do nosso Blog e para mais informações entre em contato conosco no telefone 61-3462-1212

  2. Eduardo 31 de março de 2013 às 18:26 #

    Eu prefiro não ter área de lazer e morar em um bom local.

    A velha lei do mercado imobiliário continua nova: o que conta é a localização.

    Do que adianta um prédio cheio de áreas de lazer, mas disputadas por 200 vizinhos?

    E a taxa de condomínio também vai lá nas alturas.

    Tudo bobagem para atrair comprador, mas que no fim não melhora a qualidade de vida. Qualidade de vida é chegar cedo em casa, é ter um imóvel amplo, e não estes cubículos mal feitos que estão sendo vendidos hoje em dia.

    • vinicius 20 de junho de 2013 às 14:12 #

      Olá Eduardo,

      Seguramente a matéria em questão vai ao encontro de sua visão quando se coloca da seguinte maneira:

      ““as três principais qualidades de um imóvel são: localização, localização e localização”. Com a capital da república não poderia ser diferente, os imóveis localizados nas regiões administrativas da: Asa Sul, Lago Sul, Sudoeste, Asa Norte, Lago Norte, Noroeste e região central apresentam os maiores valores de metro quadrado da cidade e continuam sendo a “menina dos olhos” de muitas famílias e empresas brasilienses”.

      E com relação a taxa de condominio, muitas vezes o valor pago pelos condôminos podem ser até menores, devido ao fato dos custos com a área de lazer, serem “ratiadas” com um número maior de moradores como o senhor mesmo frisou.

      Obrigado por participar do nosso Blog com sua opinião !!!

Deixe um comentário